Aceitar!

Este website utiliza cookies para assegurar uma melhor experiência no nosso website. Saber Mais

pt
en

informações

214 124 300

Temas de Saúde

Acidente Vascular Cerebral

Socorro Piñeiro . 29/10/2016

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a principal causa de morte e incapacidade em Portugal, sendo o diagnóstico precoce fundamental para minimizar os danos a nível cerebral. O AVC define-se como um defeito neurológico súbito causado por um problema nos vasos sanguíneos cerebrais.

Existem dois subtipos:


- AVC isquêmico: causado pela obstrução ou diminuição brusca do fluxo sanguíneo numa artéria cerebral, causando falta de circulação de sangue na zona que irriga.

- AVC hemorrágico: causado pela ruptura de um vaso sanguíneo, com extravasamento de sangue para o interior do cérebro.


Sinais de alerta

É importante reconhecer os sinais do AVC, já que "tempo é cérebro".

Esteja atento ao aparecimento de qualquer um de estes sintomas (os  três ‘F’):

- “Fala” dificuldade em falar;

- “Face” boca ao lado;

- “Força” falta de força num braço.


Outros sintomas possíveis de AVC:

- Falta de força,dormência,formigueiros na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo;

- Confusão mental,

- Alteração na visão (em um ou ambos os olhos);

- Alteração do equilíbrio;

- Dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente.


Em caso de suspeita de AVC é importante que possa trasmitir aos profissionais de saúde:

- Hora de inicio dos sintomas;

- Doenças de que a pessoa sofre;

- Medicação que está a realizar.


Fatores de risco de AVC

Dividem-se em não modificáveis (sexo, idade, raça, história familiar ou pessoal de AVC) e modificáveis (hipertensão arterial, diabetes mellitus, colesterol elevado, tabagismo, álcool, doenças cardiacas -fibrilhação auricular, cardiopatia isquêmica, sedentarismo e obesidade).


Tratamento do AVC

O AVC é uma emergência médica: quanto mais se demora a iniciar o tratamento, mais neurônios vão ficar afetados e maiores serão as consequências do mesmo.

Perante uma suspeita de que uma pessoa está a sofrer um AVC é mandatório ligar para o 112. Assim  será ativada a Via Verde do AVC, um circuito de cuidados que transportará a pessoa a um hospital onde profissionais treinados confirmam a hipótese de AVC, fazem os exames necessários e decidem o  tratamento a efetuar.

Devido ao AVC ser uma doença tão incapacitante e por vezes devastadora para a quem a sofre, assim  como para o seu núcleo familiar, a reabilitação tem um papel fundamental. A intervenção tem que ser precoce e habitualmente prolongar-se-á durante meses para tentar devolver o maior grau de autonomia a pessoa com AVC. A Casa de Saúde de Carnaxide apresenta um conjunto de soluções nesta área, tanto para quem sofreu o AVC como para o seus cuidadores.


Partilhar este artigo