Aceitar!

Este website utiliza cookies para assegurar uma melhor experiência no nosso website. Saber Mais

pt
en

informações

214 124 300

Notícias

Joaquim Chaves Saúde | Teresa Manafaia - Que tipo de exercício pode fortalecer o sistema imunitário

29/04/2020

29/04/2020

Joaquim Chaves Saúde | Teresa Manafaia - Que tipo de exercício pode fortalecer o sistema imunitário

Quando combatemos e destruímos um microrganismo, seja vírus ou bactéria, produzimos radicais livres (ou espécies reactivas de Oxigénio). Esta destruição é realizada pelas células do Sistema Imunitário (SI), e os radicais livres formados, são como "lixo tóxico" que, se não for devidamente removido, deteriora os nossos tecidos e orgãos. Ou seja, não chega combater, temos que conseguir "limpar" o terreno a seguir ao combate. Essa limpeza faz-se através da Resposta Antioxidante, que todos nós temos, mais ou menos treinada.


Já reparou que quando deseja ser bom numa tarefa, beneficia em treinar essa mesma tarefa?


Então, o exercício é a forma mais legítima de treinarmos a nossa Resposta Antioxidante.


Durante o exercício moderado produzimos alguns radicais livres e por isso activamos a nossa Resposta Antioxidante, resposta esta que está programada nos nossos genes, e que depende de nutrientes que ingerimos através da alimentação (vitamina E, C, zinco, cobre, etc). É como um treino para as pequenas agressões do dia-a-dia, como o simples contacto com micróbios.


Contudo, nem todo o tipo de exercício permite este treino, alguns tipos de exercício são tão agressivos que nos predispõem para infecções! Se for correr uma maratona, esse esforço será excessivo, e propicia um enfraquecimento do SI. Os atletas, enquanto treinam para as provas, fortalecem as suas defesas. Contudo, a partir do dia da prova, ficam expostos ao perigo de contrair infecções respiratórias, nos dias que se seguem.


O exercício extenuante de longa duração, deprime o nosso SI, compromete a nossa capacidade de defesa.


Aquilo que se recomenda para este período, é a realização de exercício moderado, principalmente aquele que seja personalizado/individual, de acordo com as necessidades físicas e metabólicas de cada pessoa.


Nota: antes de começar um programa com o professor que escolher, assegure-se de que este lhe faz uma avaliação, na qual observe quais as suas necessidades musculares/ posturais. Exija qualidade no serviço que lhe é prestado!


Note que o exercício não é inócuo e pode conduzir a uma lesão, se for mal conduzido.


Teresa Manafaia -Responsável pela consulta de Fisiologia e Otimização Metabólica.

https://bit.ly/2Ke8iSg


Este texto foi escrito ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Partilhar esta notícia

Novo!Vídeo Consultas
Porque a saúde não pode parar

Novo!Vídeo Consultas
Porque a saúde não pode parar