Accept!

We are using cookies to assure a better experience on our website. Learn More

pt
en

call us

214 124 300

News

Joaquim Chaves Saúde realiza testes para a Varíola do Macaco sem marcação

27/05/2022

27/05/2022

Joaquim Chaves Saúde realiza testes para a Varíola do Macaco sem marcação

Desde o passado dia 13 de maio, foram confirmados em Portugal cerca de 60 casos de varíola do macaco, e os números continuam a crescer. Este vírus é transmitido por contato próximo com pessoas infetadas, através de fluidos corporais, gotas respiratórias, e contato com objetos partilhados, sendo possível a testagem por PCR em laboratório. Os sintomas principais são erupções cutâneas, mas também o são as dores de cabeça, febre súbitas, inchaço dos nódulos linfáticos, dores musculares, dores de costas e fraqueza. As pessoas com sintomas de infeção devem abster-se de contato físico direto com outras pessoas e de partilhar quaisquer objetos.

A Joaquim Chaves Saúde, de forma a ajudar a prevenir a disseminação do vírus, disponibiliza nas suas clínicas e postos de colheita o teste de diagnóstico do vírus sem necessidade de marcação.

O surgimento da varíola do macaco em países não endémicos tem sido raro, sendo este um fenómeno recente e relativamente alarmante. Se viajou para países onde a doença é endémica – Benim, Camarões, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, Gabão, Gana, Costa do Marfim, Libéria, Nigéria, República do Congo, Serra Leoa e Sudão do Sul – ou esteve em contacto com quem viajou, e apresentar os sintomas listados acima, não hesite em fazer o teste de forma a despistar a presença do vírus.

Share this article